Miopatia

Miopatia

Miopatias: reconhecendo problemas neurológicos de origem muscular

Miopatia, como o próprio nome sugere, é uma condição neurológica na qual o músculo é a origem do problema ou local onde, através de uma doença sistêmica, ele também é acometido.

O principal sintoma de quem tem uma miopatia é a fraqueza muscular. Normalmente, são os músculos mais proximais do corpo aqueles acometidos prioritariamente. Por exemplo, nos membros superiores os braços (poupando o antebraço) e nos membros inferiores a coxa (poupando a perna). Nestes casos, os pacientes podem ter dificuldade para pentear o cabelo, escovar os dentes, subir escadas e levantar de cadeiras baixas.

Pacientes com miopatias também podem referir fraqueza muscular nos músculos dos olhos (visão dupla), pálpebras (pálpebra caída), fala (voz anasalada) e deglutição (dificuldade para engolir).

As miopatias podem ocorrer em qualquer faixa etária e apresentam um curso insidioso ou flutuante (pioram ao longo do dia, melhorando na manhã do dia seguinte). Existem aquelas de causa genética, inflamatória, degenerativa e metabólica. Os exames laboratoriais como dosagens das enzimas musculares e exames neurofisiológicos como a eletroneuromiografia auxiliam no direcionamento diagnóstico.

O tratamento da miopatia dependerá da causa, assim como o prognóstico, mas certamente "pensar" em miopatia é o primeiro passo para se conseguir uma terapêutica o mais precoce e favorável possível.

Tema(s) relacionado(s):