O neurologista Dr André Felício fala sobre a história, diagnóstico e estratégias de tratamento clínico e cirúrgico da doença de Parkinson.

A doença de Parkinson é conhecida desde o início do século XIX e de todas as doenças neurodegenerativas é a que possui o maior arsenal terapêutico, com amplas possibilidades de tratamento. Atualmente, medidas não-farmacológicas como exercício físico e fisioterapia são bastante utilizados, assim como medicações via oral e, em casos selecionados, cirurgia, conhecida como cirurgia de estimulação cerebral profunda.

Link da matéria:

http://www.jornalbrasil.com.br/index.php?pg=desc-noticias&id=80072&nome=Doen%C3%A7a